Arquivos do Blog

A Objetividade dos Valores

«Os valores não existem, pelo menos da mesma forma que as pedras e os rios. Considerado à margem dos sentimentos e dos interesses humanos, o mundo parece não incluir quaisquer valores. […] Este é o «argumento metafísico»: as opiniões éticas

Marcados com: , , , , ,
Publicado em Axiologia, Ética

Diversidade cultural – A história dos Nacirema

«As crenças e práticas mágicas dos Nacirema apresentam aspetos tão invulgares que parece apropriado descrevê-los como exemplo dos extremos a que pode chegar o comportamento humano. Trata-se de um grupo norte-americano que vive no território entre os Cree do Canadá,

Marcados com: , ,
Publicado em Axiologia

A Subjetividade dos Valores

«As questões sobre «valores» – isto é, sobre o que é bom ou mau em si, independentemente dos seus efeitos – estão fora do domínio da ciência, como os defensores da religião afirmam veementemente. Eu penso que nisto têm razão,

Marcados com:
Publicado em Axiologia

Quais são os valores contemporâneos?

«No passado, os Homens tinham certezas religiosas e morais. Toda a vida individual e social estava organizada em redor dessas crenças sagradas. Os seus símbolos de pedra, os monumentos religiosos, sobreviveram aos milénios. Tal como as estátuas dos deuses, os

Marcados com: , , , ,
Publicado em Axiologia

O que são valores?

«O que são valores? Dizemos que os valores não existem por si mesmos: necessitam de um depositário sobre o qual descansam. Aparecem-nos, portanto, como meras qualidades desses depositários: beleza de um quadro, elegância de um vestido, utilidade de uma ferramenta.

Marcados com: , , ,
Publicado em Axiologia

A Existência Precede a Essência

«Consideremos um objeto qualquer que seja manufaturado; por exemplo, um livro ou um corta-papéis – eis um objeto que foi feito por um artesão cuja inspiração veio de um conceito. Ele referiu-se ao conceito de corta-papéis e também a um

Marcados com: , , , , , , ,
Publicado em Metafísica

O Livre-Arbítrio

Do facto de o meu comportamento poder ser explicado, no sentido em que pode ser subsumido sob uma lei da natureza, não se segue que estou a agir sob coação. Se isto for correto, dizer que eu poderia ter agido

Marcados com: , , , ,
Publicado em Metafísica

Não Há Vontade Absoluta ou Livre

«Na mente não há vontade absoluta ou livre. A mente é determinada a ter uma ou outra volição por uma causa, que é também determinada por outra causa, e esta por outra, e assim por diante ad infinitum. […] A

Marcados com: , ,
Publicado em Metafísica

2017

Marcados com:
Publicado em Páginas de Filosofia

V Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia – III Jornadas Ibéricas de Fenomenologia

Braga (Portugal), Universidade do Minho, 18, 19 e 20 de Abril de 2016

Tema: Intencionalidade e Cuidado. Herança e Repercussão da Fenomenologia

Marcados com: , , ,
Publicado em Divulgação
Arquivo