Arquivos do Blog

Thomas Nagel – Razão e relativismo #6

«O que um conjunto de frases quer dizer é uma questão de convenção. O que se segue de um conjunto de premissas não.» Thomas Nagel, A última palavra, tr. Desidério Murcho, Gradiva, p.53.

Marcados com: , ,
Publicado em Axiologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Thomas Nagel – Razão e relativismo #5

Tudo depende do resultado desta disputa peculiar pela última palavra. O subjectivista quer dar a última palavra ao reconhecimento de que as justificações param no interior da nossa linguagem e das nossas práticas. Eu quero dá-la às próprias justificações, incluindo

Marcados com: ,
Publicado em Axiologia, Epistemologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Thomas Nagel – Razão e relativismo #4

A noção familiar de que o relativismo se refuta a si mesmo continua válida apesar da sua familiaridade: não podemos criticar algumas das nossas próprias pretensões racionais sem usar a razão noutro momento qualquer para formular e apoiar essas críticas.

Marcados com: ,
Publicado em Axiologia, Epistemologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Thomas Nagel – Razão e relativismo #3

O pensamento reconduz-nos sempre ao uso da razão incondicional se tentarmos colocá-lo em causa em termos globais, porque não podemos criticar algo com coisa nenhuma; e não podemos criticar o mais fundamental com o menos fundamental. A lógica não pode

Marcados com: ,
Publicado em Axiologia, Epistemologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Thomas Nagel – Razão e relativismo #2

Comecemos com o tipo [de subjectivismo] grosseiro: o qualificativo relativista – «para mim» ou «para nós» – tornou-se quase um acto reflexo e, com alguma base vagamente filosófica, generaliza-se frequentemente, interpretando-se a maior parte das discordâncias profundas em matéria de

Marcados com: , ,
Publicado em Axiologia, Epistemologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Thomas Nagel – Razão e relativismo #1

O tema da nossa discussão atravessa praticamente todas as áreas de investigação e chegou mesmo a invadir a cultura em geral: onde acabam a compreensão e a justificação? Será que acabam em princípios objectivos cuja validade é independente do nosso

Marcados com: , ,
Publicado em Axiologia, Epistemologia, Ética, Filosofia, Lógica, Metafísica, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Como construir a igualdade?

Thomas Nagel distingue três grandes princípios de justiça que podem pretender encarnar um ideal de igualdade. A doutrina utilitarista afirma que uma situação social é tanto mais justa quanto conduzir à «maior felicidade do maior número». Isto significa maximizar o

Marcados com: ,
Publicado em Filosofia Política, John Rawls, Pensamento Crítico, Thomas Nagel

Liberdade e determinismo

Supõe que estás na bicha de uma cantina e que, quando chegas às sobremesas, hesitas entre um pêssego e uma grande fatia de bolo de chocolate com uma cremosa cobertura de natas. O bolo tem bom aspecto, mas sabes que

Marcados com: , , ,
Publicado em Livre-arbítrio, Metafísica, Thomas Nagel

Determinismo

Algumas pessoas pensam que nunca é possível fazermos qualquer coisa diferente daquilo que de facto fazemos neste sentido absoluto. Reconhecem que aquilo que fazemos depende das nossas escolhas, decisões e desejos e que fazemos escolhas diferentes em circunstâncias diferentes: não

Marcados com: , , ,
Publicado em Livre-arbítrio, Metafísica, Thomas Nagel
Creative Commons
Arquivo