Congresso Português de Filosofia

Congresso Português de Filosofia

 Nos dias 5 e 6 de Setembro de 2014 realizou-se, na Fundação Calouste Gulbenkian e na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, o Congresso Português de Filosofia.

Neste congresso, além da Sociedade Portuguesa de Filosofia, estiveram representadas a Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica, a Associação Portuguesa de Teoria do Direito, Filosofia do Direito e Filosofia Social, o Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, a Sociedade de Ética Ambiental e a Sociedade Portuguesa de Filosofia Analítica. O congresso contou também com a presença do presidente da ANPOF, a associação brasileira de pós-graduação em Filosofia.

Na sessão de abertura estiveram presentes o presidente da SPF, João Cardoso Rosas, e os presidentes de todas as associações que se associaram ao evento: Irene Borges Duarte, José Sousa e Brito, José Esteves Pereira, Maria José Varandas e Pedro Santos.

A SPF congratula-se com a presença de mais de 100 oradores, escolhidos em processo de revisão por pares a partir de mais de 200 propostas, de todas as áreas da Filosofia e de diversos países – especialmente de Portugal, Brasil e Espanha. Foi ainda com particular satisfação que a SPF viu reunidas num mesmo evento as diversas tendências e sensibilidades da Filosofia tal como se pratica em Portugal.

A sessão plenária do dia 5 foi da responsabilidade de Jacques Bouveresse, do Collège de France. Bouveresse apresentou uma comunicação subordinada ao tema Verité, Veracité et Croyance, moderada por Sofia Miguens (UP) e comentada por Marcelo Carvalho (ANPOF). O professor Gianni Vattimo, que deveria ter feito a segunda comunicação plenária, não pôde deslocar-se por motivo de doença.

Foram especialmente relevantes as mesas-redondas sobre “O estado da arte do ensino universitário da Filosofia em Portugal”, moderada por Ricardo Santos (UE) e com a presença de António Martins (UC), Carlos Morais (UCP), Marta Mendonça (UNL), Bernhard Sylla (UMinho) e João Alberto Pinto (UP), e sobre “O estado da arte da investigação em Filosofia em Portugal”, moderada por José Lamego (UL) e com a presença de Olga Pombo (UL – Centro de Filosofia das Ciências), António Martins (UC), José Gama (UCP), Viriato Soromenho-Marques (UL-Centro de Filosofia) e José Meirinhos (UP).

A Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica, o Instituto de Filosofia Luso-Brasileira e a Sociedade de Ética Ambiental promoveram também sessões próprias dentro do congresso, sempre muito participadas.

Um outro aspecto a relevar foi a entrega do Prémio de Ensaio Filosófico da SPF, que este ano coube ao investigador André Santos Campos, do Instituto de Filosofia da Universidade Nova. O prémio foi entregue pela presidente do júri e pelo presidente da SPF.

A organização do Congresso Português de Filosofia deseja agradecer a presença de todos e compromete-se a começar a trabalhar desde já para que a reunião de toda a comunidade filosófica portuguesa volte a ser possível no segundo congresso, em 2016.

​A ​

Comissão Organizadora do Congresso Português de Filosofia

http://congressoportuguesdefilosofia.weebly.com

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.