David S. Oderberg – Um argumento em defesa da pena de morte

Se a morte é o pior mal, a pena capital será a pior punição. Mas visto que o pior crime merece a pior punição, com base no princípio da proporcionalidade, a pessoa que comete o pior crime merece ser morta. Uma vez que existe algo que é o pior crime (…) segue-se que existe pelo menos um tipo de crime que merece a pena capital.
David S. Oderberg, Ética Aplicada – Uma abordagem não consequencialista,
tr. Maria José Figueiredo, Principia, p. 199.
Facebook Comments

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.