Determinismo

Doutrina segundo a qual tudo o que acontece tem uma causa. A explicação habitual desta ideia consiste em defender que, para qualquer acontecimento, existe um estado anterior que está relacionado com ele de tal maneira que esse estado anterior não poderia (sem violar uma lei da natureza) existir sem que existisse o acontecimento. Esta é uma afirmação puramente metafísica, não implicando que tenhamos em princípio de conseguir prever o acontecimento em causa (ver caos). O interesse principal no determinismo tem sido a apreciação das suas implicações para o livre-arbítrio. Contudo, apesar de a física quântica (ver mecânica quântica) ser essencialmente indeterminista, a ideia de que as nossas acções estão sujeitas às indeterminações quânticas dificilmente encoraja o nosso sentido de responsabilidade por elas.

Simon Blackburn, “Pense”

Facebook Comments

Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 1995, é Professor no Ensino Secundário desde 1994/5 e Formador de professores, com o registo CCPFC/RFO-38329/17. Mestre em Ensino de Filosofia (Faculdade de Letras da Universidade do Porto). Mestre em Pedagogia do e-learning (Universidade Aberta). Site pessoal: http://sergiolagoa.wordpress.com . Coeditor do site Mil Folhas -- http://www.milfolhas.net Contacto: aulas.sergiolagoa@gmail.com

Marcados com: , , , ,
Publicado em Glossário, Metafísica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Creative Commons
Arquivo