Deus e os Filósofos

Os filósofos do nosso tempo de bom grado parecem iludir a questão da existência de Deus. Não afirmam nem negam a sua existência. Mas o filósofo é responsável; se a existência de Deus é posta em dúvida, deverá dar uma resposta, a não ser que se entricheire numa filosofia céptica que não afirma nem nega, ou se restrinja ao saber definitivo e objectivo, que é o conhecimento científico, e abandone a filosofia dizendo: do que não se pode saber não se deve falar.

 

Karl Jaspers, Introdução à Filosofia

Facebook Comments

3 Comments

  1. Realmente comentar k.Jaspers não é tarefs muito fácil. Normalmente o pensamento alemão não é muito descritivo, voltando mais para as teorias de onde foram formados. A filosofia viveu dosi períodos distinto: a teofilosofia onde tudo partia de Deus, depois de Galileu houve um rompimento com o existencialismo ateu. O resgate de Jaspers é uma entre muitas tentativasde colocarDeus no centro da filosofia novamente.

  2. É sempre prazeiroso lermos de filosófos que tentam resgatar a presneça de Deus na filosofia. Nós, que já tivemos teofilosofia para nos desencantar com o existencialismo ateu a partir de Galileu vemos sempre com bons olhos as tentativas de uma conexão Deus-filosofia. A filosofia alemã é de contrstes: ou radicaliza no ateismo ou se volta desesperadamente para o divino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.