É a Filosofia uma Actividade Masculina?

Por que razão é mais difícil vislumbrar mulheres no mundo da Filosofia? Alison Gopnik, filósofa na Universidade da Califórnia, em Berkeley, fala da sua luta em vingar naquilo a que chama um “mundo de homens”. Dado o seu interesse simultâneo em questões relacionadas com crianças, o seu trabalho no domínio da Filosofia analítica foi dificultado por haver a ideia generalizada que tudo que tenha a ver com bebés e crianças pertence ao universo feminino. Mas Gopnik insiste que trabalhar com crianças pode ser extraordinariamente exigente e profundo de um ponto de vista filosófico. Aqui fica o breve testemunho:

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.