Filosofia com Crianças e o fenómeno das desigualdades sociais

Falar de desigualdades sociais ou de pobreza com crianças pequenas é fundamental para lhes traçar um quadro da realidade social e para despertar a empatia e a consciência cívica.

Bilu e João, curta-metragem da autoria de Katia Lund e parte integrante do filme Crianças Invisíveis,  retrata a realidade dura das crianças pobres na cidade de S. Paulo que tentam sobreviver graças à recolha de latas e são vítimas de todo o tipo de violência, desprotegidas perante uma sociedade que não quer saber e fecha os olhos aos mais desfavorecidos.

Esta curta-metragem com cerca de 15 min permite abrir o debate com as crianças através de alguma questões, como se exemplifica:

  • O que fazem estes meninos para sobreviver?
  • Como são tratados pelas outras pessoas?
  • Como te sentirias se estivesses no lugar destas crianças? Porquê?
  • O que faz falta a estes meninos?
  • Como poderíamos ajudá-los?

Uma forma de terminar esta sessão com uma actividade prática é pedir aos participantes para escreverem três princípios ou ideias que considerem fundamentais para uma sociedade (mais) justa, debatendo de seguida as respostas. As sugestões avançadas pelas crianças são, geralmente, muito interessantes e passam por:

  • proibir trabalhos de casa 🙂
  • distribuir o dinheiro dos mais ricos aos mais pobres;
  • obrigar a sociedade a dar uma família às crianças pobres e abandonadas.

Cada uma destas ou de outras respostas pode servir de ponto de partida para sessões subsequentes.

Esta actividade é aconselhada para crianças a partir dos 9/10 anos de idade.

Facebook Comments

Professora/Formadora. Licenciatura em Filosofia. Mestre em Comunicação Educacional Multimédia. Especialização em Igualdade de Género. Formação em Filosofia com Crianças pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e pela Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática. Membro de SOPHIA – European Foundation for the Advancement of Doing Philosophy with Children. Formadora / Tutora em e-learning.

Marcados com: , , , , , , , , ,
Publicado em Cinema e Filosofia, Páginas de Filosofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Creative Commons
Arquivo