Orientações e Exame

Este ano é reintroduzido o exame de filosofia como uma opção para os estudantes no 11º ano.  Nunca se tinha verdadeiramente compreendido a abolição do exame dado que era requerido por mais de 300 cursos superiores como parte dos seus critérios de admissão. Aquando da sua primeira encarnação (2006-2007) foi produzido um documento chamado Orientações para a Lecionação do Programa (OLP) que pretendiam balizar a planificação dos temas programáticos para que esse exame pudesse ser implementado sem provocar injustiças decorrentes de diferentes abordagens (legítimas até então, diga-se) ao programa por parte dos professores. Quando inexplicavelmente o exame foi abolido, as OLP deixaram de ter caráter obrigatório. Julgamos ser essa a situação atual, pois desconhecemos que exista alguma indicação para se tomar novamente esse documento como válido.
A questão que aqui deixamos é se não seria avisado revalidar essas OLP, ou elaborar um documento semelhante. Se tal documento está já a ser preparado, deveria ser divulgado o mais depressa possível para os professores adaptarem as suas planificações e lecionação em tempo útil. Deixamos também o desejo que esse tal documento que aguardamos não seja tão parco em informação como aquele que acompanhou a prova intermédia do ano passado.
Blogue em http://paginasdefilosofia.blogspot.com
Facebook Comments

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.