Será a IA realmente uma ameaça?

Estaremos na iminência de uma Inteligência Artificial, à semelhança dos filmes de ficção científica, em que somos dominados por uma criatura despojada de emoções, tão inteligente que nos vê como criaturas inferiores? Aparentemente, estamos ainda muito longe de uma IA à maneira da Matrix dos irmãos Wachowski, conforme demonstra a Ted Talk de Janelle Shane, onde esta é apresentada como uma forma de inteligência que, obedecendo literalmente ao que lhe é pedido pelos programadores, desconhece as mais elementares regras de semântica e de pragmática. O resultado é hilariante e surpreendente.

Facebook Comments

Professora/Formadora. Licenciatura em Filosofia. Mestre em Comunicação Educacional Multimédia. Especialização em Igualdade de Género. Formação em Filosofia com Crianças pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e pela Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática. Membro de SOPHIA – European Foundation for the Advancement of Doing Philosophy with Children. Formadora / Tutora em e-learning.

Marcados com:
Publicado em Filosofia do Conhecimento, Pensamento Crítico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Creative Commons
Arquivo