Arquivos do Blog

Ação

Atividade, exercício de um poder qualquer; conjunto de gestos coordenados com vista a um fim. Conjunto de todos os nossos atos e, principalmente, dos nossos atos voluntários; conduta humana. Em Maurice Blondel, “a ação é a síntese do querer, do

Marcados com: , , , ,
Publicado em Sem categoria

The Philosophers / After the Dark

  The Philosophers/After the Dark é uma adaptação do célebre “Abrigo Subterrâneo”, uma experiência mental que coloca à prova as convicções éticas de um grupo de estudantes. O filme pode ser interessante para explorar vários capítulos do atual programa de

Marcados com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

O livre-arbítrio não existe

A revista brasileira Super Interessante de setembro de 2008 menciona uma pesquisa segundo a qual o livre-arbítrio não existe. Segundo a revista, antes mesmo de termos consciência das nossas opções, já o cérebro tomou as decisões. Para saber mais sobre

Marcados com: , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Duel (1971), Steven Spielberg

O que é a ação? O que é uma cadeia causal? Existe determinismo na ação humana? Ou existe livre-arbítrio? Em que consiste a intenção? Somos responsáveis pelas nossas ações? Quais são as razões ou, desejos e motivações que nos levam

Marcados com: , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Dennett sobre Determinismo e Livre-arbítrio

DENNETT: O determinismo não é um problema. O que queremos é liberdade, e liberdade e determinismo são inteiramente compatíveis. De facto temos mais liberdade se o determinismo for verdadeiro do que se não for. REASON: Porquê? DENNETT: Porque se o

Marcados com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Acção voluntária e acção involuntária

Entre as coisas que realizamos, umas fazemo-las voluntariamente, porque queremos fazê-las; outras fazemo-las sem querer. Fazemos voluntária ou intencionalmente as coisas que fazemos querendo fazê-las, com conhecimento e de propósito. Nestes casos dizemos que temos a intenção ou o propósito

Marcados com: , , , , , ,
Publicado em Filosofia da ação

Actos gratuitos

No célebre romance de André Gide, Les caves du Vatican, o herói, um jovem muito imaginativo, quer provar a si próprio que se podem executar certos actos sem qualquer razão válida. Tais actos não teriam fundamento senão em si próprios.

Marcados com: , , , , , , , , , ,
Publicado em Filosofia da ação
Creative Commons
Arquivo