Arquivos do Blog

Livre-arbítrio e determinismo na ação humana.

Uma dissertação de mestrado de Bárbara Viviana Moreira Monteiro, intitulado “Livre-arbítrio e determinismo na ação humana. Uma aplicação ao ensino de Filosofia no Ensino Secundário”, com orientação do Prof. Doutor José Meirinhos. Muito útil e interessante para professores do ensino

Marcados com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Páginas de Filosofia

A Caverna Digital, pelo Teatro Reflexo

Com quase 15 anos de existência, a companhia de teatro Reflexo tem programas teatrais vocacionados para o público escolar e uma peça em particular, que aborda a Alegoria da Caverna de Platão, intitulada Caverna Digital, à qual tive o prazer de

Marcados com: , ,
Publicado em Páginas de Filosofia

A alegoria da caverna – Platão, A República (514a-517c)

Sócrates: Agora imagine a nossa natureza, segundo o grau de educação que ela recebeu ou não, de acordo com o quadro que vou fazer. Imagine, pois, homens que vivem em uma morada subterrânea em forma de caverna. A entrada se abre para a

Marcados com: , , ,
Publicado em Sem categoria

A Filosofia Antiga – António Pedro Mesquita

Uma resenha da Filosofia Antiga por António Pedro Mesquita, incluída na série “No Jardim da Filosofia” de Aires Almeida.

Marcados com: , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

A filosofia nasce de um escândalo…

A filosofia nasce de um escândalo: o logos está separado da realidade. Dizer uma coisa não é necessariamente dizer o que é. Consequentemente, o logos já não é moral, já não é o dom dos deuses que avalia infalivelmente os

Marcados com: , , , , ,
Publicado em Filosofia

Platão e o conhecimento como crença verdadeira justificada

Sócrates – Por certo que, se estamos a investigar o saber, será uma completa parvoíce sustentar que é uma opinião correcta acompanhada de saber, seja do saber da diferença, seja do de qualquer outra coisa. Por conseguinte, Teeteto, o saber

Marcados com: , , ,
Publicado em Filosofia do Conhecimento

A Alegoria da Caverna

Em vídeo: 1, 2, 3, 4, Um exemplo: O texto pode ser lido aqui.

Marcados com: , , ,
Publicado em Epistemologia, Filosofia do Conhecimento

O indutivismo de Bacon

Na obra Novum Organum – que já no título se contrapõe ao ‘velho’ Organon de Aristóteles –, Bacon critica os quatro ídolos responsáveis pelo insucesso da ciência. Os ‘ídolos da tribo’ referem-se às imperfeições do intelecto, inerentes a toda ‘tribo’

Marcados com: , , , , , ,
Publicado em Epistemologia, Filosofia do Conhecimento

Platão e o conhecimento como crença verdadeira justificada

Sócrates – Por certo que, se estamos a investigar o saber, será uma completa parvoíce sustentar que é uma opinião correcta acompanhada de saber, seja do saber da diferença, seja do de qualquer outra coisa. Por conseguinte, Teeteto, o saber

Marcados com: , , , , ,
Publicado em Epistemologia, Filosofia do Conhecimento

Humor Platónico

GÓRGIAS Há respostas, Sócrates, que não podem deixar de ter longos desenvolvimentos. Esforçar-me-ei, no entanto, por usar da maior brevidade. Esta é afinal uma das coisas de que me orgulho, a de que ninguém é capaz de dizer o mesmo

Marcados com: , , ,
Publicado em Humor
Arquivo