Tipsarevic quase “pirou” de tanto ler filosofia

Janko Tipsarevic revelou seu lado filosófico, recentemente, durante o confronto contra a Espanha, pela Copa Davis.

O jovem de 24 anos afirmou que ler demais, dependendo do livro, pode ser perigoso e tornar uma pessoa infeliz. Por isso, decidiu parar com a leitura de livros de filosofia. “Percebi que estava lendo em demasia, começando a duvidar de mim, da vida, de minha profissão, do tênis. Dei uma parada”, revelou à agência noticiosa DPA, antes do confronto realizado há duas semanas.

“Mas não quero fazer disso uma confusão ou dizer que sou um filósofo. Isso é parte de minha vida, uma coisa que gosto de fazer, assim como outros gostam de jogar Play Station”, comparou. O número 46 do mundo já leu os filósofos Nietzsche, Kant e outros, seguindo o exemplo de sua mãe. “Ela começou lendo esses livros, o que a deixou meio louca e a fez sofrer um pouco”, disse.

“Qualquer um que lê sobre filosofia sabe que a palavra significa ‘a procura da verdade’. Muitos desses filósofos tiveram vidas dolorosas e infelizes por causa dessa busca. E a verdade, na maioria dos livros, é deprimente.”

Tentando explicar o que se passou com ele, Tipsarevic comentou seus questionamentos íntimos. “A gente começa a se perguntar por quê faz isso, por quê se paga US$ 1.000 por uma passagem de avião, se se é feliz, todas essas questões.” Para Tipsarevic, pensar demais não é o caminho. “Claro que não quero ser um estúpido, mas dizem que ser ignorante é um tipo de benção porque você não sabe de nada, não deseja nada e não precisa de nada. Estava lendo os livros sério demais. Agora que sou mais velho, compreendo que nunca se deve, jamais, por mais que o autor pareça certo, ler um livro e mudar sua vida. Na minha opinião, deve-se sempre pegar apenas pequenas coisas de um livro e não deixar que um livro influencie totalmente a sua vida.”

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.